Postado em: 02/10/2017

A Crise de abstinência é o que ocorre quando se para com o consumo do álcool e da droga. A parada do uso das drogas apresenta reações adversas. São ondas de adrenalina no cérebro que acarretam tal crise. Como as drogas e álcool funcionam como depressores do cérebro, este órgão passa a agir como uma espécie de mola quando ocorre a abstinência.

 

Crise de abstinência – O que realmente se sente?Crise de abstinência

 

As drogas possuem crises diferentes. Há a crise física e há a crise psíquica ou emocional. Álcool, opiáceos e tranquilizantes geralmente produzem uma forte crise física. Cocaína, maconha e ecstasy produzem crises da ordem emocional ou psíquica.
Ao contrário do que alguns pensam o fato de o paciente só ter tido a física não o descaracteriza dependente químico. Também é importante frisar que os sintomas da crise emocional como: ansiedade, inquietação irritabilidade, insônia, dores de cabeça, falta de concentração, depressão e isolamento social, podem ser experimentados por usuários de qualquer droga.
Os sintomas da crise de abstinência física são: sudorese, coração acelerado, taquicardia, tensão muscular, aperto no peito, dificuldade em respirar, tremores, náuseas, vômitos ou diarreia.

 

Crise de abstinênciaConvulsões graves, ataques cardíacos, derrames ou infartos, alucinações, delirium tremens (DTs), são alguns dos mais perigosos sintomas provocados pela crise de abstinência do álcool e tranquilizantes.

É de suma importância relações de mutuo ajuda, ajuda de profissionais, e afastamento dos ambientes negativos. Só assim será possível continuar a RECOMEÇAR