Grupo Recanto

Nossa história

Fundado em 2008, o GRUPO RECANTO começou como um projeto de conclusão do curso de gestão empresarial na fundação Getulio Vargas e hoje é uma das maiores clínicas de tratamento para dependentes químicos do norte e nordeste. Com o objetivo de cuidar de homens adultos com problemas com álcool e outras drogas.

O Grupo começou com o modelo de comunidade terapêutica, sem fins lucrativos. Com o processo de aprendizado e também por algumas fiscalizações de vigilância sanitária e órgãos competentes, o serviço melhorou. “A princípio nós éramos apenas uma comunidade terapêutica, com o tempo as pessoas passaram a nos procurar cada vez mais e foi tomando uma proporção que foi preciso tomar a decisão de criar de fato a clínica para dependentes químicos e seguir os requisitos onde se viu que era necessário modificar para que a cada vez mais o tratamento pudesse ser melhorado. E assim foi feito quando criamos uma unidade de desintoxicação e crise em 2013 e começamos com a assistência médica e de enfermagem com 24 horas por dia”, refletiu Fabricio Selbmann, um dos lideres do Grupo Recanto.

Com a experiência vivenciada por Fabricio de todo o processo de usar drogas e depois se manter limpo, desde 1995, foi implementado no Grupo Recanto um tratamento biológico (médico), psicológico (psicólogos) e social (técnicos em dependência química e psicóloga da família) que trouxe melhores resultados ao dependente químico e seus familiares. “Eu acredito que essa equação de serviços profissionais, tempo de pessoa em detrimento ao recuperando e a nossa capacidade de olhar pra ele, de acolhimento e tudo, ela é um grande diferencial e isso tem a ver com essa visão profissional versos à visão vivencial”, reconheceu Selbmann.

Um dos grandes diferenciais do Grupo Recanto sempre foi à junção do profissional com o empírico, ou seja, além de médico clínico, psiquiátrico, psicólogos e enfermeiros também temos a o técnico em dependência química que é o adicto que trata do adicto. Essa mistura trabalha o cuidado profissional com a vivência do adicto. “Aquele cara que passou pelas drogas, sabe o que você está sentindo e consegue dizer como que ele chegou a ficar limpo o que ele fez não só para parar de usar. O que ele fez para continuar em recuperação. Porque a recuperação é para o resto da vida”, apontou Fabricio.

Em 2008, quando a clínica foi criada sem fins lucrativos, o grupo tinha 20% de gratuidade, que é exatamente aquilo que a lei pede. Mas hoje o tratamento tem um valor e um serviço muito maior e mesmo assim se mantém um percentual de 10% de cota social (especificamente para aquelas pessoas que comprovem a baixa renda familiar) sem patrocínio do estado ou parcerias com empresas, sendo a própria clínica que paga o tratamento, fazendo com que essa cota seja a forma de levar a mensagem e ajudar verdadeiramente quem está nas garras da adicção. “Essa garra só quem vivenciou sabe a dor, o sofrimento e o desespero que isso causa. E eu tenho certeza que se eu ajudar mais um tá maravilhoso”, acrescentou Selbmann.

A clínica hoje exerce um método de tratamento diferenciado baseado em estudos terapêuticos, tais como internamento voluntário e involuntário. Usando também do modelo biopsicossocial (biológico, psicológico, social, cultural e espiritual) conseguimos tratar o paciente de uma forma completa, abordando todos os pontos que precisam ser cuidados, desde o biológico até o espiritual.

O Início do tratamento a maior intensidade é do cuidado biológico, “O adicto precisa ser inicialmente tratado por um médico clínico e/ou um médico psiquiátrico, devido à crise de abstinência inicial, além disso, a sua dependência pode dar problemas físicos sérios, causados pelo uso de droga, e ainda podem chegar até a desenvolver outras comorbidades psiquiátricas.

Tem a psique, que traz a dependência psicológica, onde a pessoa procura esse estado emocional de euforia o tempo todo. Então essa dependência psicológica e a sua inabilidade de ligar com as suas emoções e seus comportamentos doentios precisam ser tratados por um psicólogo e o grupo recanto tem psicólogo de segunda a sexta em tempo integral dentro da instituição”.

“No sentido social ele precisa de um novo mundo, uma nova vida. Parar de sofrer, começar a ter outras formas de relacionamento e de prazer, é fundamental. E aí o técnico em dependência química é a pessoa mais indicada pra fazer com que ele busque esses grupos de auto-ajuda, inclusive a gente também tem uma psicóloga que cuida de outra célula social que é a família. É necessário que a família se trate.

E por último a vida espiritual. Ter a droga como seu único objetivo nos últimos dias, ou meses, de adicção, o fez adoecer também espiritualmente e, por isso, ele vai precisar mudar o centro de sua vida e colocar a sua recuperação espiritual, precisa buscar e a gente fala de um poder superior conforme ele acredita. No primeiro momento, se ele for ateu, ele vai buscar o grupo, depois com certeza ele vai conseguir chamar de Deus” salientou Fabricio.

O Grupo hoje disponibiliza para melhor auxílio no tratamento:

  • Médicos 24h;
  • Enfermeiros;
  • Psicólogos;
  • Técnicos em dependência química;
  • Técnico de Pátio;
  • Monitores;
  • Nutricionista;
  • Educador Físico.

Contando com um espaço de 10m² e 55% do quadro de funcionários que já foram dependentes. Construída em Pernambuco, a instituição dispões atualmente de três unidades de tratamento:

  • Duas nas cidades de Igarassu - Região Metropolitana do Recife PE;
  • Uma em São Cristovão – Região Metropolitana de Aracaju SE.

Para que assim, diante de todo o profissionalismo possamos desempenhar a melhor abordagem e excelência na prestação de serviço.

Hoje o Grupo chegou a uma nova etapa. Em junho/2018 Fabricio foi a Europa, fazer um estágio em uma instituição do modelo Minessota. Um modelo feito por profissionais que interpretaram os princípios dos 12 passos, para tratamento dos comportamentos doentios.

Preocupamos-nos muito com o modelo de tratamento e buscamos também a excelência em estrutura e modelo de gestão. Pode vir a crescer mais, pois nosso modelo de gerência, sistemas, equipe e processos já estão maduros e podem ser replicados em qualquer lugar do Brasil.

  • Nosso Lema
  • Objetivo
  • Justificativa

A OPORTUNIDADE PARA MUDAR. Parar de usar drogas é fácil, difícil é manter-se longe delas. Para que isso aconteça o dependente químico precisa mudar o seu estilo de vida e entender seu comportamento, sua personalidade, a natureza da dependência química e ter atitudes fortes e reais de mudança.

O Grupo Recanto é capacitado a receber e tratar de um novo residente, e oferecer ferramentas para o início de uma nova vida de recuperação. No uso abusivo de drogas, nem ele, nem sua família e muito menos a sociedade, em sua grande maioria, acreditam que exista esta possibilidade de modificar suas atitudes e comportamentos e transformar radicalmente sua qualidade de vida para um novo recomeço.

Nós acreditamos que existe vida após a dependência do álcool e de outras drogas e nossa experiência tem demonstrado que, se o dependente adere ao projeto terapêutico proposto e segue as orientações práticas oferecidas, ele recomeça uma vida em recuperação, para assim tornar-se um membro produtivo e participante da sociedade.

Cuidar e tratar da melhor maneira e eficaz a pessoa que você ama. Com nosso método de tratamento Minessota, 12 passos e aconselhamento em dependência química, o paciente passa pelo processo de ressignificação de suas crenças pessoais e reestruturação dos seus valores morais, fazendo com que ao final do tratamento ele tenha todo o entendimento de que não precisa mais daquela droga, ou do álcool.

Realizamos o trabalho de atenção às pessoas com transtornos decorrentes do uso ou abuso de substâncias psicoativas a partir de uma estrutura física adequada, bem como de metodologia terapêutica devidamente acompanhada por equipe técnico/profissional capacitada.

A presença do médico psiquiatra responsável pela administração de medicamentos, em especial nos casos de síndrome de abstinência, ou na presença de comorbidades, garante a possibilidade segura do trabalho de desintoxicação e manutenção da abstinência de substâncias psicotrópicas e a orientação para o trabalho terapêutico.

As atividades individuais e grupais organizadas e facilitadas pela equipe multidisciplinar garantem o estabelecimento de um ambiente estimulador da mudança através da interação entre pares, com pessoas que também são dependentes químicos em recuperação.

Toda a abordagem terapêutica parte da visão da dependência química como uma doença que afeta todas as áreas da vida do indivíduo. Portanto, são atendidas as necessidades físicas, emocionais e de qualidade de relacionamento interpessoal e com a vida cotidiana.

Educação Física, exercícios escritos de conscientização, palestras, acompanhamento médico e atendimentos individuais são práticas que realizamos visando oferecer o preenchimento das necessidades de cada indivíduo.

A orientação para a ressocialização leva em conta as características familiares e sociais de cada dependente químico que é envolvido e responsabilizado por um planejamento, com orientação da equipe, de seu próprio processo de ressocialização. É dado ênfase ao exame intenso de seus comportamentos, pensamentos e sentimentos confrontados quando da saída para casa, bem como a frequência intensiva aos grupos de mútuo ajuda.

Visão Visão

Nossa VISÃO: Ser reconhecida como referência na estrutura e no tratamento de dependência química e saúde mental no Brasil. Por este motivo trabalhamos para entregar um serviço de qualidade por que ser referência significa ser o melhor, fazer o melhor.

Missão Missão

Nossa MISSÃO: Prover tratamento especializado em dependência química, fundamentado no modelo biopsicossocial, para que o dependente de álcool e drogas identifique os motivadores do uso e construa estratégias a fim de manter a abstinência total e um novo estilo de vida.

Valores Valores

Nossas atitudes e tomadas de decisão tem como fundamento os VALORES da ORGANIZAÇÃO: Honestidade, Ética (Conceito = O que é bom para o individuo é bom para o outro), Imparcialidade (todos são tratados da mesma forma, independente de raça, crença, condição financeira, religião, etc.), Respeito com o paciente, profissionalismo, Confiança e Credibilidade.

Unidade de Desintoxicação e Crise (U.D.C.)

Introdução

Em nossa Clínica de Recuperação para Dependentes Químicos possuímos uma Unidade de Desintoxicação e Crise (U.D.C.) que foi criada a partir da percepção da necessidade de um centro especializado no tratamento dos dependentes químicos em crise ter um primeiro atendimento de uma equipe médica especializada no assunto para que, após o período de crise, este indivíduo possa ser encaminhado para dar continuidade nos centros de tratamento psicossocial do Grupo Recanto.

A equipe é composta por médico psiquiatra e clínico, equipe de enfermagem, psicólogos, conselheiros especializados em dependências e monitores. Tanto os monitores, como a equipe de enfermagem, acompanham os residentes 24 horas/dia. Esta equipe é supervisionada pelo médico psiquiatra – responsável técnico que estará em sobreaviso de 24 horas.

Há plantões médicos 24 horas presencialmente na unidade de desintoxicação e crise todos os dias da semana.

O grupo de recursos humanos e estrutura física do centro de recuperação de dependentes químicos possibilitam o atendimento de até 06 internos em crise na UDC e 60 residentes (Assistência psicossocial) adultos do sexo masculino (em dois estágios de atenção descritos abaixo) dependentes de álcool e/ou de outras drogas e suporte para tratamento de comorbidades pela equipe médica.


Objetivo

Proporcionar um ambiente favorável à desintoxicação alcoólica e de outras drogas, assim como o tratamento de comorbidades psiquiátricas leves ou moderadas, que tenham necessidade de internação, atendendo o nível de atenção médica conforme sua evolução no quadro de abstinência e clínico. Também amparar o indivíduo com abordagem psicológica para facilitar sua evolução cognitivo-comportamental. A equipe multidisciplinar e o grupo de residentes formam uma rede de apoio que estimula e desenvolve valores, comportamentos e atitudes sadias.

Planos de saúde

Tratamento para dependentes químicos usando seu plano de saúde.

Anterior
Próximo
Nós ligamos para você